Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Município de Riqueza está em situação crítica devido à estiagem

Publicado em 24/11/2020 às 11:43 - Atualizado em 24/11/2020 às 11:43

A estiagem que há meses assola Santa Catarina continua afetando severamente o município de Riqueza. Além dos impactos diretos na produtividade, qualidade e custos da produção agropecuária, muitas lavouras foram prejudicadas e inúmeras propriedades rurais sofrem com a falta de água para consumo humano e animal. Diversas famílias do interior estão sendo abastecidas com auxílio de maquinário municipal.

Com relação ao Rio Iracema (foto), a situação é preocupante, principalmente por não haver previsão de grandes precipitações de chuva para as próximas semanas. O problema se agrava diariamente, pois a cada dia que passa o nível da água do rio diminui. Por enquanto, não está sendo realizado rodízio ou intermitência no abastecimento, mas não é possível afirmar até quando o atendimento continuará acontecendo normalmente. Neste momento delicado, a ordem é que a população economize o máximo que puder. Assim, podem ser evitados problemas ainda maiores em decorrência da crise hídrica.

Neste sentido, a Administração Municipal, Secretaria de Agricultura, Defesa Civil e a Casan fazem um alerta importante à população: todos os munícipes devem fazer uso consciente da água, evitando o desperdício e priorizando apenas o consumo humano e dos animais. Confira algumas dicas para economizar:

  • Tome banhos curtos;
  • Feche o chuveiro sempre que possível;
  • Mantenha a torneira fechada ao escovar os dentes;
  • Tome cuidado com vazamentos;
  • Use a descarga com consciência;
  • Limpe a louça antes de lavar;
  • Lave roupas com menor frequência e maior atenção;
  • Evite lavar calçadas, efetue a limpeza utilizando somente uma vassoura;
  • Evite fazer a lavagem de carros com mangueiras ou equipamentos de pressão;
  • Evite lavar paredes e telhados;
  • Fique atento à utilização de água em piscinas;
  • Reaproveite a água sempre que possível.

Ações como essas são extremamente importantes, pois não existe previsão de grandes precipitações de chuva para os próximos dias. Se cada um fizer a sua parte, poderemos evitar a necessidade de racionamento e outras consequências decorrentes da crise hídrica.

 

Andrieli Severo

Assessora de Imprensa